Divina Misericórdia 125

6 02 2015

                                        Divina Misericórdia 125

  Caro devoto de Jesus Misericordioso,  comemoramos hoje São Paulo Miki e seus companheiros mártires. São japoneses! Foi através do trabalho evangelizador de São Francisco Xavier que o Japão tomou conhecimento do cristianismo, de 1549 a 1551. A semente frutificou e, apenas algumas décadas depois, já havia pelo menos trezentos mil cristãos no Japão! Mas se a catequese obteve êxito não foi somente pelo árduo, sério e respeitoso trabalho dos jesuítas em solo japonês. Foi também graças à coragem dos catequistas locais, como Paulo Miki e seus jovens companheiros.
Miki nasceu em 1564, era filho de pais ricos e foi educado no colégio jesuíta em Anziquiama, no Japão. Tornou-se também  jesuíta e um eloquente pregador. Porém, não pôde ser ordenado sacerdote no tempo correto porque não havia um bispo na região de Fusai. Mas isso não impediu que Paulo Miki continuasse sua pregação. Posteriormente tornou-se o primeiro sacerdote jesuíta em sua pátria, conquistando inúmeras conversões com humildade e paciência.
O imperador era simpatizante do catolicismo mas, de uma hora para outra, se tornou seu opositor feroz. Por motivos da política do tempo o Japão rompeu com a Espanha em particular e com o Ocidente em geral, motivando uma perseguição contra todos os cristãos.
Os católicos foram expulsos do país, mas muitos resistiram e ficaram. Paulo Miki e seus companheiros, 26, sofreram terríveis humilhações e torturas públicas. Levados em cortejo de Meaco a Nagasaki foram alvo de violência e zombaria pelas ruas e estradas, enquanto seguiam para o local onde seria executada a pena de morte por crucificação! Alguns dos companheiros de Paulo Miki eram muito jovens, adolescentes ainda, mas enfrentaram a pena de morte com a mesma coragem do líder. Tomás Cozaki tinha, por exemplo, catorze anos; Antônio, treze anos e Luis Ibaraki tinha só onze anos de idade.
Paulo Miki e seus companheiros foram canonizados pelo Papa Pio IX, em 1862.  A Igreja católica sobreviveu com muitas dificuldades e só mais tarde veio a se recompor.  O sangue dos mártires não foi em vão. Deus é admirável em seus santos!!!

Diga ao ler esta reflexão: Divina Misericórdia eu me consagro a Vós.

Pe. Macedo da Divina Misericórdia

Anúncios

Ações

Information

2 responses

7 03 2017
Adilson Alves garcia

Peço a divina misericórdia a intenção para abencao de emprego para Adilson Alves Garcia
Ser chamado nas usinas Jesus dá divina misericórdia abre as portas de empregos para Adilson Alves Garcia amem

7 03 2017
Adilson Alves garcia

Peço eses pedidos a divina misericórdia
A intenção pela minha saúde e pela a saúde curas libertação para
Mim e minha família adelita Maria malpeli Garcia e esposo Adilson Alves Garcia e Tatiane Alves Garcia e Alexandre aparecido bátista e ruám pieetro Alves bátista e tais Alves carvalho de Souza e Fábio carvalho de Souza e Bruna Alves carvalho de Souza amem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: